Número total de visualizações de página

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Carta Aberta XII - Sr. Presidente C.M.Penamacor

Sr. Presidente
Li no jornal “Reconquista” a notícia da inauguração em Penamacor, com pompa e circunstância, da via estruturante sul, agora rebaptizada de Avenida da República, pelo Exmo. Sr. Presidente da República, Professor Aníbal Cavaco Silva. Aproveitando o facto de ter ido a Penamacor passar uma folga, e movido pela curiosidade de saber o que estava inscrito na placa comemorativa da inauguração da referida Avenida, dirigi-me até ao local.
Para espanto meu, vi que não consta na placa o nome do Sr. Presidente da República. Omissão ou deliberado?
Será que o Sr. Presidente da República, ao olhar para essa rotunda, tão mal parida, perdoem-me o vulgarismo da expressão, não quis ver o seu nome impresso na placa?
Daqui a uns tempos ninguém recordará o nome do Presidente que inaugurou a Avenida.
Foi apenas… um Presidente da República.
Uma curiosidade minha: Será o pai dessa rotunda, o mesmo pai do colossal mamarracho do Sumagral?
Olhei para a Vila e resolvi dar uma voltinha Pelo Cimo de Vila e observar a tal Avenida lá do alto do miradouro.
Alertei nestas Cartas Abertas do Zé Morgas, o Sr. Presidente da C.M.P. para o real perigo que representava, a existência de uns cabos eléctricos no chão do miradouro. Verifiquei agora, que foram colocados dois candeeiros de solo no miradouro. Infelizmente a solução usada não é satisfatória. Encandeiam os utentes do miradouro, dificultando a vista, e servem apenas para iluminar a estratosfera.
Com tanta solução…
Mais, está no local um poste de iluminação, sem lâmpada, e o abat-jour do candeeiro está caído do lado de fora do miradouro, no meio dos arbustos.
Convinha recuperar, e devolvê-lo aonde pertence.
E por falar em iluminação…
Continuei o meu passeio até ao Castelo.
Sr. Presidente
Nota-se que muitos dos candeeiros da iluminação pública, colocados na rua que vai até ao castelo são recentes.
Deveria ter havido algum cuidado na escolha dos candeeiros usados nessa rua, em todo o Cimo de Vila. Estamos a falar da zona medieval da Vila de Penamacor.
Contei seis ou sete modelos de candeeiros.
Fico com a sensação que é comprar o que apanham em saldos. É um péssimo cartão de visita para turista ver. Mais, merece essa zona que desapareçam os cabos aéreos, merece que a alimentação seja feita por via subterrânea.
Recomendo vivamente a Vª Exª. um passeio pedonal por essa zona do Cimo da Vila, e já agora, também uma visita ao mamarracho do Sumagral, para constatar “in locko”, o lastimável estado, e o perigo que representa, o piso do mamarracho.
Sr. Presidente
Não sou daqueles que acredita em dogmas, não acredito em verdades como certezas absolutas, mas tenho a certeza que há muito não passa nos locais que referenciei. Acredito que se o tivesse feito, já teria arranjado a solução que tais problemas exigem.
Ao dispor
Zé Morgas

1 comentário:

  1. Olá, Zé!
    Sempre atento, crítico e construtivo.
    Tive de ampliar a placa para VER com os meus próprios olhos e fiquei assarapantado. Nunca imaginei que tal acontecesse - é a primeira vez que se me depara uma situação destas! - mas tenho a certeza de que uma tamanha "gaffe" será corrigida: "errar é humano"! Se o não for agora... sê-lo-á mais tarde. Tenho pena que tenha acontecido no nosso Concelho. Politiquices?! Não posso crer. De certeza, apenas uma distracção!

    ResponderEliminar