Número total de visualizações de página

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Carta Aberta XVII - Sr. Presidente C.M.Penamacor

Sr. Presidente
É sempre com agrado que leio nos jornais notícias sobre Penamacor.
Contudo, há notícias que me causam alguma apreensão. Li há dias no semanário, “Povo da Beira” que está a ser construída a primeira via pedonal de Penamacor, numa extensão de, pasme-se, 300 metros. Têm igualmente sido notícia nos Média, a camisola amarela que Penamacor enverga no que toca a envelhecimento da população e à desertificação do concelho.
Sr. Presidente
Ambos conhecemos dois colossais mamarrachos em Penamacor:
- O do Sumagral, que espero ver demolido antes que morte me leve, e
- A pseudo denominada via estruturante sul.
O Natal está à porta.
O povo de Penamacor merece uma prenda, sem dúvida.
Deixo-lhe aqui duas sugestões:
1ª - Tal como li no semanário Povo da Beira –“ …nos 300 metros que vão ser intervencionados a arquitectura não esqueceu as pessoas com mobilidade condicionada, com rampas e rebaixamento de passeios.”
Preocupação justa, atendendo ás necessidades dos utentes do Lar Dª Bárbara Tavares da Silva, que em principio serão, senão os únicos utilizadores da futura via pedonal, pelo menos os mais assíduos. Conhecendo o terreno, admitindo a excessiva mobilidade condicionada dos futuros utentes, deixo-lhe aqui, Sr. Presidente, uma ideia para complemento da via pedonal, e evitar assim, que nasça um terceiro mamarracho em Penamacor:
- Um TELEFÉRICO a acompanhar toda a via pedonal. Junta-se o útil ao agradável. A descer todos os Santos ajudam, quem por dificuldade de que tipo for, não conseguir subir a via pedonal, apanha o teleférico, e, desfruta toda a soberba paisagem que daí se vislumbra. Repetirá o trajecto tantas vezes quanto lhe aprouver.
Passeio pedonal, passeio de teleférico. O teleférico de certeza que encorajará bastantes utentes ao uso da via pedonal.
2ª - Via estruturante sul
Têm sido uma preocupação constante deste Governo da República, introduzir portagens em tudo o que é Scuts, vias rápidas com perfil de auto-estrada, etc.
Sr. Presidente
Já lhe ocorreu “portagar” essa duas vias, com quatro faixas de rodagem, entre as rotundas da Escola Ribeiro Sanches e a Senhora dos Caminhos?
De borla ninguém usa as faixas da via estruturante, quiçá a pagantes, não se tornem uma fonte de rendimento considerável para a Câmara Municipal de Penamacor, a que Vª. Exª preside.
A todas /todos as / os naturais e residentes


no Concelho de Penamacor


Votos de Um Feliz e Santo Natal


Zé Morgas

4 comentários:

  1. NEM UM CONTÁRIO AO MADEIRO...HUM.... LEVAM-ME A CRER QUE TRAIS-TE A TRADIÇÃO...

    ResponderEliminar
  2. Ó Zé, andas com umas piadas muita giras, andas, andas...

    ResponderEliminar
  3. Acho que se devia tentar uma solução mais radical . A solução é o metro de superficie . Penamacor merece um metro com mais de 300 de metros , é um pouco confuso não !?.
    A outra solução é a catapulta , os idosos seriam delicadamente atirados para a vila via catapulta , é uma opção economica , mas manifestamente pouco viavel enquanto a autarquia nao se dispor a construir o aeroporto para as aterragens.
    Enquanto isso continuam os trabalhos de perfuração e estudo do solo para viabilizar trabalhos para construção do ramal do Metro de Penamacor . As obras estão constantemente a ser interrompidas por derrocadas , e inconvenientes lençois de petroleo.

    ResponderEliminar
  4. Ó Zé!!!
    Só tu para me aliviares da crise!
    Bem hajas por este momento de boa disposição.
    Abraço.

    ResponderEliminar